Home office: como usar a tecnologia para liderar equipes remotas.

Você está em Home Home office: como usar a tecnologia para liderar equipes remotas.
[Home office: como usar a tecnologia para  liderar equipes remotas.

Trabalhar home office é tendência mundial e sua empresa precisa estar preparada para esta realidade

Trabalhar em casa (o famoso home office) não é uma realidade recente, do nosso tempo. Na verdade, nem é possível datar quando é que essa “modalidade” começou. A resposta seria “desde que o mundo é mundo” - e era a maneira mais comum de trabalhar e empreender.

O mesmo chefe de família que cuidava da casa e protegia os seus, produzia na sua própria terra, vendia, gerenciava seus rendimentos, administrava seus funcionários (quando havia).Tudo ali. De dentro do seu lar.

Depois, com o que todos nós conhecemos como o “advento” da era industrial é que as coisas começaram a mudar massivamente. E, agora, muita gente está “trilhando o caminho de volta”, optando pelo home office, seja ao trabalhar em casa ou em um espaço alternativo ao bom e velho escritório da empresa.

De qualquer maneira só é possível pensar no home office por conta de uma condição fundamental: a tecnologia. Outrora um produtor não precisava deixar seu espaço para produzir, hoje ninguém pode trabalhar remotamente sem dispor da internet e de ferramentas que permitam o seu acesso aos dados e configurações da empresa na qual trabalha ou, ainda que empreendedor, das empresas para as quais presta serviço.

 

Então, pela lógica, é a tecnologia a mediadora entre o trabalhador, o trabalho e o empregador ou cliente. Ela é quem vai nortear, permitir e conduzir todos os passos que possam garantir o resultado esperado para o serviço prestado.

 

Sabendo disso fica muito mais claro imaginar como é possível um trabalhador home office gerenciar ou liderar equipes remotas,  que não compartilham do mesmo espaço físico que ele. E o melhor: reduzir custos e aumentar o nível de satisfação de sua equipe através de mais liberdade e flexibilidade.

 

Este aqui é um passo a passo de como a liderança pode ser perfeitamente bem exercida por um gestor, ainda que sua equipe esteja “espalhada” pelos sete cantos do país, ou do mundo:

 

1.    Comunicação

Este é o ponto central para QUALQUER modalidade de trabalho. Quem não se comunica, não possui a ferramenta básica para gerir. Inclusive, uma pesquisa realizada pela Towers Watson concluiu que as empresas que mantém boa comunicação com seus empregados são também as que têm melhor desempenho financeiro. Para viabilizar uma comunicação fluída que garanta autonomia e liderança para o gestor, ao mesmo tempo que de voz para os liderados, é necessário investir em canais de comunicação eficientes - sistemas integrados, conexão online e por vídeo, telefone, etc;. Quando falamos em trabalho home office, investir em uma boa comunicação pode ser fator decisivo na obtenção de bons resultados.

 

2.    Estrutura de poder

Na modalidade home office as pessoas não estão de frente uma para as outras. Não tem olho no olho, percepção visual, intuição. Os sistemas tecnológicos precisam dar conta, de alguma maneira, de minimizar os impactos que a ausência física podem trazer, ou seja, é fundamental que cada membro da equipe possa reconhecer qual é a estrutura de poder, quais as funções e responsabilidades de cada um e, principalmente, o perfil de cada um. É também esta tecnologia que permitirá ao gestor ter condições de avaliar cada integrante e os pontos fortes e fracos da equipe, de modo que possa aproveitar a peculiaridade única que tem em mãos. Nossa dica é sempre contar com sistemas que permitem esta organização estratégica de modo que o colaborador sinta-se sempre parte de um time, mesmo que há quilômetros de distância.

 

3.    Fluxo de trabalho

Também conhecido como workflow, que nada mais é do que a sequência de passos necessários para automatizar os processos de acordo com as regras definidas pela empresa, cliente ou gestor. Se há um trabalho a ser feito ele, naturalmente, vai exigir etapas a serem cumpridas, numa ordem específica e distribuída entre a equipe. Com um software de gestão de projetos e sistema de desdobramentos de metas é possível avaliar as métricas, direcionar os trabalhos e avaliar os resultados de cada membro. Tudo isso de maneira integrada por meios de painéis de controle com interfaces didáticas e que permita a todos os membros visualizar o projeto de modo geral - desde estrutura de poder até cumprimento detalhado das tarefas;

 

4.    Carga cultural

Se a equipe não está no mesmo lugar ela vai trazer consigo, por meio de cada membro, características específicas a serem levadas em consideração. Para um líder não é a mesma coisa liderar, motivar e informar um carioca e um sulista, por exemplo. Há formas de expressão, conceitos e termos que mudam drasticamente de um lugar para o outro num mesmo país, quiçá de países diferentes. A vantagem indiscutível é a de reunir diversidade de cultura, experiência profissional e visões organizacionais que resultam numa enorme funcionalidade. O líder terá sempre o desafio de conhecer bem a sua equipe, extrair o máximo possível de informações sobre cada integrante dela e, principalmente, ser empático com as diferentes personalidades de seus liderados. Um bom líder saberá como e quando se dirigir a cada uma à sua maneira sem perder a linha principal de raciocínio de trabalho e sem desvalorizar sua própria personalidade.

 

Quando as pessoas estão dispostas a trabalhar de verdade, com compromisso, dedicação, empenho e boa vontade, o limite para o home office é apenas e exclusivamente geográfico. Não há limite que possa derrubar um empreendimento feito com convicção, conhecimento, estudo e trabalho sério.

Afinal de contas, trabalho é aquilo que se faz, não onde se vai. Por isso, você pode contar com a Stratview para pôr fim a única distância entre você e a sua equipe: a física. Todo o restante pode e será cumprido com a excelência que você quer e precisa.

Conte conosco!

 

Fonte:

https://revistapegn.globo.com/Noticias/noticia/2014/08/7-coisas-que-todo-mundo-precisa-saber-sobre-home-office.html

https://www.projectbuilder.com.br/blog/gestao-de-equipes-remotas-como-a-tecnologia-pode-ajudar/

 

https://www.towerswatson.com/pt-BR/Insights/IC-Types/Survey-Research-Results/2011/03/Retorno-do-Investimento-ROI-em-Comunicacao-Capitalizano-com-a-Comunicacao-Eficaz

 

Olá, deixe seu comentário para Home office: como usar a tecnologia para liderar equipes remotas.

Enviando Comentário Fechar :/

Categorias

Newsletter

Cadastre-se e receba as próximas edições.